Fundo Previdenciário do Município de Salgadinho


Salgadinho, Estado de Pernambuco


Conheça Salgadinho
Bem vindo(a) a Salgadinho!
Um pouco da história de Salgadinho

Ao final do século XVIII, as terras do atual município de Salgadinho era uma fazenda pertencentes à família Alves Camelo, seus primeiros habitantes. Por volta de 1780, o patriarca João Idelfonso Alves Camelo constriuiu uma capela dedicada a Nossa Senhora das Dores, com uma imagem da pedra, medindo 1,5 m de altura sobre o altar. No entorno desta capela surgiu o povoado e a lenda sobre o sino da igreja. A lenda conta que ao final da construção, faltava o sino. Um grupo de tropeiros com os burros carregados parou no local para descansar, em frente à casa grande e à capela. Ao retomar a viagem, recarregavam os burros quando observaram que o sino que traziam estava muito pesado. Sem conseguir levantar o sino, os tropeiros decidiram vendê-lo à família Alves Camelo. Após a partida dos tropeiros, o sino foi erguido sem dificuldade e conduzido à capela, o que foi considerado um milagre.

O distrito de Salgadinho era parte do território de Bom Jardim. Com a criação do município de João Alfredo, Salgadinho passou a ser distrito da nova cidade. Foi elevado à categoria de município com a denominação de Salgadinho, pela lei estadual nº 4974,de 20 de dezembro de 1963.

Economia

A economia do município divide-se entre o comércio local, o turismo, a pecuária, a agricultura e atividades de extrativismo vegetal e silvicultura.

Na agricultura, destacam-se o coco, o tomate, o feijão e a mandioca. Na pecuária, o gado bovino e caprino, bem como a avicultura.

Turismo

A cidade possui uma fonte termal, permitindo banhos com temperatura média de 30oC. Segundo os pesquisadores, as águas possuem cálcio, magnésio, potássio, sílica e sódio. São bastante procuradas para banho nas piscinas formadas pela fonte.

Outro ponto turístico é a Igreja de Nossa Senhora das Dores, que possui um mirante da região.

 

Fonte: wikipedia